Roteiro do Vídeo

Hoje o assunto, além de sério, é muito bonito: empatia e cooperação.

Certamente você já exercita isso no seu cotidiano, seja em casa, na escola, com os amigos ou no seu bairro.

É que a gente é agregador por natureza, gosta de viver em grupo, se emociona com a dor alheia e também quer ser entendido e compreendido pelos que estão à nossa volta.

Tudo isso tem a ver com empatia, com a capacidade de perceber as emoções vividas pelas pessoas e, de alguma forma, nos solidarizarmos com esse sentimento.

Seja através do apoio direto, da escuta e do diálogo.

Essa habilidade é cada vez mais importante em um mundo fortemente digitalizado, onde muitas vezes as relações entre as pessoas vão ficando distantes e frágeis pela correria do dia a dia.

Por isso vamos mostrar pra você duas experiências muito bonitas onde a empatia é palavra-chave!

No primeiro vídeo, a Regina Tchelly vai até São Paulo conhecer a ONG Banco de Alimentos.

Essa instituição tem um objetivo muito nobre: reduzir os efeitos da fome e combater o desperdício.

No segundo vídeo, vamos fazer um rápido mergulho no universo de refugiados que também vivem na cidade de São Paulo.

Vamos entender como eles se juntaram para dar vida a um projeto gastronômico, trazendo aspectos de sua cultura de origem e gerando renda para todos os participantes.

Vídeo 1: AMOR DE COZINHA (Sem desperdício, sem fome)

Parceiro realizador:  Canal Futura

Duração: 21’

http://www.futuraplay.org/video/sem-desperdicio-sem-fome/389859/

 

Vídeo 2:  PENSE GRANDE.DOC (Open Taste)

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 15’04”

http://www.futuraplay.org/video/open-taste/452594/

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Já imagino que seu apetite foi despertado depois de assistir esses dois vídeos!

Mas antes de dar uma pausa pra comer, vou propor uma atividade que vai ajudar a entender melhor as razões pelas quais se desperdiça tanto alimento hoje no Brasil.

Essa situação contribui enormemente para a fome em muitas regiões do país, acentuando problemas relativos à segurança alimentar dos brasileiros.

Uma forma de criar empatia com aqueles que não têm o que comer é ajudar a enfrentar o desperdício.

E pra você ficar sabendo um pouco mais sobre esse problema no Brasil, vai precisar fazer uma pesquisa na internet.

As perguntas que você vai precisar responder são:

Quais são as maiores causas do desperdício hoje no Brasil?

Será que ele começa no campo, na origem do que é produzido?

Ou tem relação com a forma com que esses alimentos são transportados e distribuídos?

E o tempo de validade de cada um desses itens, será que contribui para a perda considerável desses alimentos?

Assim que os alimentos chegam à mesa dos brasileiros, será que esse desperdício acaba ou muita comida boa vai parar no lixo?

Como saber se a atividade está correta?

Após a busca por informações na internet você deve encontrar as seguintes causas do desperdício no Brasil:

  • A produção em excesso.

Perdemos alimentos na fase de produção, manipulação pós-colheita e armazenagem.

(2) Durante o transporte.

(3) No comércio e no varejo desses alimentos.

(4) Também nos domicílios.

Para saber mais, é só apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima.