Habilidades BNCC

  • EF04HI01
    Reconhecer a história como resultado da ação do ser humano no tempo e no espaço, com base na identificação de mudanças e permanências ao longo do tempo.
  • EF04HI02
    Identificar mudanças e permanências ao longo do tempo, discutindo os sentidos dos grandes marcos da história da humanidade (nomadismo, desenvolvimento da agricultura e do pastoreio, criação da indústria etc.).
  • EF04HI03
    Identificar as transformações ocorridas na cidade ao longo do tempo e discutir suas interferências nos modos de vida de seus habitantes, tomando como ponto de partida o presente.
  • EF05GE05
    Identificar e comparar as mudanças dos tipos de trabalho e desenvolvimento tecnológico na agropecuária, na indústria, no comércio e nos serviços.
  • EF05GE06
    Identificar e comparar transformações dos meios de transporte e de comunicação.
  • EF05HI10
    Inventariar os patrimônios materiais e imateriais da humanidade e analisar mudanças e permanências desses patrimônios ao longo do tempo.
Roteiro do Vídeo

Olá pessoal! Como vocês estão hoje?

Lembraram de lavar as mãos e usar álcool em gel?

Não esqueçam também de usar a máscara quando for precisar sair para o mercado ou farmácia, combinado?

O assunto do nosso encontro de hoje é muito bacana!

Você já parou para pensar o que seria da nossa vida sem algumas invenções?

Por exemplo, o computador, a televisão, o celular…

Nós temos muito o que agradecer aos cientistas e inventores, não é mesmo?

Mas, quero que você pense um pouco no processo de criação dessas e de outras coisas…

Será que um belo dia Charles Babbage, considerado o “pai” do computador, acordou e pronto, fez o primeiro computador?

Não gente… esse projeto consumiu grande parte da sua vida, entre muuuitas tentativas, acertos e erros!

E hoje falaremos justamente disso, do processo de experimentação inerente ao ato de criar algo novo.

Vamos começar com um vídeo sobre tecnologia e ficção?

Vídeo 1: Cyber tudo  tecnologia ou ficção

Parceiro realizador: MultiRio

Duração:  3’46”

http://multirio.rio.rj.gov.br/index.php/assista/tv/9543-tecnologia-ou-fic%C3%A7%C3%A3o

Nossa!

Já pensou poder se comunicar com alguém através de uma conversa por computador sem a barreira de idioma?

Pois é pessoal… o imaginar está muito ligado ao processo de criar!

Uma boa ideia é meio caminho andado, não é?

Vamos agora ver dois vídeos sobre a história de um inventor brasileiro.

Sabe o relógio de pulso? Foi ele que criou!

Quer saber outra? O chuveiro de água quente.

Agora, ele ficou famosão mesmo por ter inventado o avião!

Já sabe de quem estou falando?

Dele, o ilustre Alberto Santos Dumont!

Vídeo 2: Ep04 – Mytikah | Santos Dumont

Parceiro realizador: Oz Produtora

Duração:  6’52”

https://vimeo.com/236822791/f62bd0d6a7

 

Vídeo 3: Temp. 1 | Ep. 1 Alberto Santos Dumont

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 4’56”

http://www.futuraplay.org/video/alberto-santos-dumont/80337/

É pessoal!

Olhar além é muito importante para ser inventor ou cientista!

E resiliência também.

Sabe o que significa?

Não desistir mesmo quando parece que nada vai dar certo!

Imagine se os cientistas do mundo inteiro que estão pesquisando uma vacina para o coronavírus desistissem porque está difícil?

Isso seria muito ruim!!!

Por isso, quando você tiver uma ideia ou achar algo difícil, nada de desistir ou reclamar!

Mas, falando em vacina…

Vamos conhecer a história de Carlos Chagas?

Vídeo 4: Temp. 1 | Ep. 2 Carlos Chagas

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 5 ’14”

http://www.futuraplay.org/video/carlos-chagas/80334/

Neste vídeo, conhecemos outras qualidades de um grande cientista ou inventor: a observação e estudo!

Chagas foi um grande observador da natureza.

Assim, ele conseguiu perceber que o barbeiro era o vetor do protozoário causador da doença e que ele ficava escondido nos buracos das paredes das casas feitas de barro.

É pessoal, uma pequena picada do barbeiro ajudou a darmos um grande salto na medicina, quem diria!

E antes de terminar nosso encontro, quero propor uma atividade para testar se você tem a paciência e a resiliência necessárias aos inventores e pesquisadores!

Que tal desenhar o 14 bis, o avião criado por Santos Dumont?

Procure na Internet uma boa imagem dele e, através da observação, vá construindo seu próprio desenho com todos os detalhes!

Se não gostar da primeira versão, tente fazer outra e outra até ficar satisfeito!

E se quiser continuar aprendendo, é só pedir a ajuda de um adulto e apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até o próximo encontro galerinha!