Habilidades BNCC

  • EM13LGG603
  • EM13LP49
Roteiro do Vídeo

Hoje, vamos falar sobre o gênero dramático e sobre a dramaturgia televisiva.

Pense um pouquinho: o que você sabe sobre isso?

O gênero dramático faz parte de um dos três gêneros literários definidos por Aristóteles, na Antiguidade.

Os outros dois eram o lírico e o épico.

Os textos dramáticos são feitos com o intuito de serem encenados ou dramatizados, e são narrados pelos próprios personagens.

Do grego, a palavra “drama” significa “ação”

Nessa aula, vamos compreender melhor o gênero dramático, sua origem e a estrutura de seus textos.

Na Grécia antiga, a encenação dos textos de gênero dramático tinha o objetivo de despertar emoções na plateia, um fenômeno chamado de “catarse”.

Suas tragédias eram representações de acontecimentos trágicos, geralmente com finais infelizes.

Nelas, os personagens eram nobres e heroicos, como deuses ou semideuses.

Já a comédia, era encenada como texto humorístico.

Seus personagens eram inspirados em pessoas comuns estereotipados.

Vamos começar a aula entendendo melhor como esse gênero se estrutura atualmente e como deve ser representado.

Por fim, conheceremos o trabalho de uma dramaturga que escreve roteiros de telenovelas.

Ou seja, roteiros para serem encenados diante das câmeras e, depois, televisionados.

Não deixe de anotar tudo o que puder.

Essas anotações serão importantes mais tarde!

Vídeo 1: Como representar um texto teatral?

Parceiro realizador: Khan Academy

Duração: 9’

 

Vídeo 2: Trilha de Letras | Dramaturgia

Parceiro realizador: TV Brasil

Duração: 25:38

https://tvbrasil.ebc.com.br/trilha-de-letras/2018/10/dramaturgia

 

Observação: Todo o conteúdo da Khan Academy está disponível gratuitamente em www.khanacademy.org.

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Hoje, você soube mais sobre como o gênero dramático marcou a história da humanidade.

Aprendeu, ainda, sobre dramaturgia, com os roteiros de telenovelas.

E, principalmente, descobriu que todos os textos dramáticos, independentemente de serem para o teatro, a TV ou mesmo para o cinema, são roteiros para serem encenados.

Agora que você sabe mais sobre o gênero dramático para o teatro e a dramaturgia televisiva, é a sua vez de colocar a mão na massa e produzir seu próprio roteiro!

Como a tarefa envolve a construção de cenas, personagens, espaços, além da própria construção do enredo, vale a pena chamar os amigos para essa empreitada!

Assim, vocês podem pensar juntos em histórias para um texto dramático!

E ainda podem definir se vão escrever um roteiro para uma encenação teatral ou para uma encenação que será filmada.

O tema?

Pode ser a história de algum personagem lendário ou, quem sabe, pode ser um tema real e importante para a sua comunidade.

Depois de escreverem o roteiro, vale a pena encená-lo, claro!!

Se precisarem de mais gente, chamem amigos, parentes ou vizinhos, distribuindo os personagens e explicando o que será feito.

Agora só nos resta dizer: “Ação!!”.

Como saber se a atividade está correta?

Você está no caminho certo da produção do gênero dramático se realizou as seguintes etapas:

  1. Definiu o tema, pesquisando mais sobre ele se necessário.

O texto dramático assemelha-se ao narrativo quanto às características, uma vez que ele também se constitui de fatos, personagens e história.

  1. Acrescentou as rubricas ao texto.

Como não há narrador, é muito importante que as personagens saibam tudo o que devem fazer. Essas informações são imprescindíveis para a encenação.

  1. Escreveu a história na lógica do drama.

Ela será retratada pelos atores por meio do diálogo e das ações, então, esse será o seu foco.

Pelo fato de o texto dramático ser representado, e não contado, ele dispensa a presença do narrador.

  1. Lembrou-se que: no teatro, o tempo da ficção deve coincidir com o tempo de representação.

No caso do roteiro para filmagem, o tempo é da filmagem. Ou seja, o tempo da apresentação pode ser diferente, porque uma mesma cena que dura cinco minutos, pode levar 2 horas para ser filmada.

  1. Definiu se ele será encenado ao vivo, como peça de teatro, ou se será filmado.

Sabendo disso tudo, volte para a sua produção e observe se todos esses elementos estão lá.

Se for preciso, revise seu texto, os diálogos e as ações contidas nele.

Depois, que tal compartilhar sua criação?

Encenem a peça ou façam a exibição do filme na sua comunidade, escola ou para seus amigos e pessoas que moram com você!

Para saber mais, basta apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima!