Habilidades BNCC

  • EM13CHS101
    Identificar, analisar e comparar diferentes fontes e narrativas expressas em diversas linguagens, com vistas à compreensão de ideias filosóficas e de processos e eventos históricos, geográficos, políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais.

Para saber mais

  1. CAPELLATO, Igor. Arte e Tecnologia. In. Universidade Aberta do Brasil. Disponível em: <http://repositorio.unicentro.br:8080/jspui/bitstream/123456789/816/5/Arte%20e%20tecnologia.pdf>. Acesso em: 15 de mai 2020.
  2. RODRIGUES, André Luis. A Semana de Arte Moderna e contexto do festival de 1922. In. Blog da BBM/USP. Disponível em: <https://blog.bbm.usp.br/2019/a-semana-de-arte-moderna-e-o-contexto-do-festival-de-1922/>. Acesso em: 15 de mai 2020.
  3. POLETTO, Marcelo. O uso de tecnologias nas aulas de Arte (plano de aula). In. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/6673/o-uso-de-tecnologias-nas-aulas-de-arte>. Acesso em: 15 de mai 2020.

Roteiro do Vídeo

O especialista Ronaldo Lemos afirma que o estudo da arte nos ajuda a compreender o mundo e a dar sentido ao que acontece ao nosso redor.

A arte e a apreciação estética estão presentes no nosso dia a dia, desde o design de um objeto comum, passando por quadros e esculturas.

Até mesmo no formato e cores dos aplicativos de smartphones e programas de computadores.

Na História do Brasil, as inovações artísticas estiveram relacionadas diretamente com a reflexão sobre o “o que é ser brasileiro”.

Atualmente, museus e artistas estão tendo que competir pela atenção do público com outras formas de entretenimento, como os jogos eletrônicos e vídeos por streaming.

Ao longo da aula de hoje, preste atenção em como a arte foi pensada no Brasil no século XX e como a tecnologia está impactando a nossa forma de se expressar no século XXI.

Vídeo 1: Contestações e vida cultural no Brasil entre 1900 e 1930 – História – 9º ano – Ensino Fundamental

Parceiro realizador:  Canal Futura

Duração: 12’40’’

 

Vídeo 2: Arte e Tecnologia | Expresso Futuro Com Ronaldo Lemos

Parceiro realizador:  Canal Futura

Duração: 26’07’’

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

O primeiro vídeo fala das diversas transformações que o Brasil estava passando nas primeiras décadas do século XX, incluindo o campo artístico.

Explique como a Semana de Arte Moderna de 1922 estabeleceu um diálogo com os acontecimentos daquele período.

Já o segundo vídeo, discute as diversas influências da tecnologia no mundo da arte hoje.

Escolha uma delas e comente o seu impacto.

Como saber se a atividade está correta?

Em 1922, o Brasil era uma jovem República com uma economia em crise, e que passava por diversas transformações sociais.

Os artistas da Semana de Arte de Moderna tinham como uma das principais questões a identidade do brasileiro.

Eles utilizaram a metáfora da antropofagia para defender que os brasileiros deveriam digerir o que vinha da Europa para construir uma arte genuinamente brasileira.

Esses artistas inovaram na forma, no tema e nas cores utilizadas em suas obras.

Ronaldo Lemos apresentou diversas inovações que estão influenciando o mundo da arte contemporânea.

Ele conversou com o fundador da empresa “Museum Hack”, que desenvolve projetos de visitas digitais.

Já o museu Cooper Hewitt digitalizou toda a sua coleção e viu o número de visitantes aumentar. Dentro do espaço de exposição, há uma ferramenta que permite que cada um faça a sua própria coleção.

Depois, ele mostrou a relação entre arte e videogames e, por fim, visitou a empresa Giphy.

Ela tem como objetivo indexar os gifs produzidos na internet, além de estimular que artistas utilizem esse meio para se expressar.

Para saber mais, é só apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Bom estudo!