Para saber mais

Acesse estes links/vídeo/livro…

http://institutocidadania.org.br/uma-juventude-cidada/

Roteiro do Vídeo

Palhaço é daquelas figuras do mundo das artes e da imaginação que mexe com os nossos sentimentos.

Em geral, nos faz rir. Mas também pode nos assustar, nos fazer olhar para o ridículo, para o que dá errado e para o inacabado.

Na presença de um palhaço, somos convidados a prestar atenção naquilo que sentimos.

É exatamente isso que faz Vinicius Daumas, um artista que se transforma num palhaço e que também atua como educador social e gestor de circo.

Ele é o personagem principal do primeiro vídeo que vamos apresentar.

O que o Vinícius mais gosta de fazer é apresentar a arte circense como uma ferramenta poderosa de mudança social para crianças e jovens de baixa renda.

Já no segundo vídeo, vamos conhecer uma escola da rede municipal do Rio de Janeiro que tem um trabalho pra lá de especial, focado em ações responsáveis e no exercício da cidadania.

Eles têm um projeto inspirador de defesa e estudo de áreas de mangue, um ecossistema muito ameaçado no Brasil.

Você vai perceber, com esses dois vídeos, que é possível pensar e atuar na sociedade de maneira a promover uma vida coletiva justa, digna e sustentável.

 

Vídeo 1: Temp. 1 | Ep. 6 Técnico em Química

Parceiro realizador:  Futura

Duração: 25’10’’

http://www.futuraplay.org/video/tecnico-em-quimica/59535/

 

Vídeo 2: Engenheiro de alimentos e químico – Série Profissões

Parceiro realizador:  M3 Unicamp

Duração: 10’03’’

https://m3.ime.unicamp.br/recursos/1208

 

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Essa atividade tem a ver com criatividade, exercício da cidadania e mundo do trabalho.

Você já deve ter ouvido falar dessa sigla: ONG.

Significa “Organização Não Governamental”.

Basicamente, instituições sem fins lucrativos com a finalidade de oferecer algum serviço ou ação voltados para o bem comum, para a resolução de problemas sociais ou para defesa de causas importantes.

Agora, pense na sua comunidade, no seu entorno.

Que problemas sociais você percebe de maneira mais imediata?

Talvez tenha a ver com a situação de moradia, ou com o tratamento do lixo.

Ou mesmo com a oferta de educação de qualidade em todos os níveis.

Quem sabe, a questão maior seja a oferta de serviços de transporte.

Tente encontrar na internet ou conversando com pessoas da região, que iniciativas existem nessa área para oferecer alternativas ou soluções para esses problemas.

Vale a pena conhecer um pouco a história dessas organizações, entender como e por quem foram criadas, com quais objetivos e, principalmente, com quais resultados.

Quem sabe você não se voluntaria para colaborar no seu tempo vago.

Pode ser uma ótima maneira de se familiarizar com aquilo que te faz feliz, com atividades cheias de significado e com um possível mercado de trabalho no futuro.

 

Como saber se a atividade está correta?

As mais conhecidas instituições do Terceiro Setor são as chamadas ONGs, Organizações Não Governamentais.

São instituições que não estão necessariamente ligadas à caridade ou a reparações sociais. Na maioria das vezes, suas atuações ocorrem na reivindicação de direitos ou opiniões.

Mas, há também as fundações, entidades beneficentes, os fundos comunitários, as entidades sem fins lucrativos, associações de moradores, entre outras.

As Fundações atuam, em geral, na arrecadação de renda para uso em momentos de crise, período onde aumentam os problemas sociais.

Já as Entidades Beneficentes são instituições que têm como objetivo conseguir algum tipo de reparação social.

Pode ser relacionada a problemas estruturais, como a fome, ou individuais, como a depressão.

As entidades sem fins lucrativos são empresas privadas que não objetivam necessariamente o lucro.

Vivem basicamente de doações ou da geração própria de renda, que deve ser revertida para a realização de ações sociais.

Para saber mais, basta apontar a câmera do celular para o QR code que aparece na tela.

Até a próxima!