Habilidades BNCC

  • EM13CHS104
    Analisar objetos e vestígios da cultura material e imaterial de modo a identificar conhecimentos, valores, crenças e práticas que caracterizam a identidade e a diversidade cultural de diferentes sociedades inseridas no tempo e no espaço.

Para saber mais

Acesse estes links/vídeo/livro….

  1. BRASIL, Cristina Índio. Área preservada na Baía de Guanabara é chamada de Pantanal Fluminense. In. Agência Brasil. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-07/area-preservada-na-baia-de-guanabara-e-chamada-de-pantanal-fluminense>. Acesso em: 10 de mai 2020.
  2. GOBBI, Nelson. Com exposição no MAR, Maxwell Alexandre quer levar às artes plásticas o empoderamento do hip hop. In. O Globo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/cultura/artes-visuais/com-exposicao-no-mar-maxwell-alexandre-quer-levar-as-artes-plasticas-empoderamento-do-hip-hop-24100528>. Acesso em: 10 de mai 2020.
  3. PIRES, Raísa. Músico leva cinema itinerante aos becos da Maré com dinheiro de reciclagem de óleo de cozinha. In. Portal G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/01/15/musico-leva-cinema-itinerante-aos-becos-da-mare-com-dinheiro-de-reciclagem-de-oleo-de-cozinha.ghtml>. Acesso em: 10 de mai 2020.

Roteiro do Vídeo

Hoje, conheceremos dois artistas com diferentes experiências e reflexões: Bhega e Maxwell Alexandre.

O primeiro vive na Maré, Rio de Janeiro, e não apenas compõe músicas com temáticas ambientais, como procura atuar na comunidade onde vive de diversas formas.

Já o segundo é artista plástico, também do Rio de Janeiro.

Ele faz da sua própria experiência reflexões sobre sua identidade e já expôs em países como Inglaterra e França.

Ao longo da aula, preste atenção aos problemas relatados por esses artistas e como eles transformaram suas experiências em arte.

Não esqueça de tomar notas!

Vídeo 1: Temp. 3 | Ep. 3 Bhega | Minha rua

Parceiro realizador:  Canal Futura

Duração: 24’00’’

http://www.futuraplay.org/video/bhega/315943/

 

Vídeo 2: Exposição “Pardo é Pape!  | Conexão

Parceiro realizador:  Canal Futura

Duração: 10’59’’

http://www.futuraplay.org/video/exposicao-pardo-e-pape/511161/

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Seja pela música, pelo cinema ou pelas artes plásticas, esses dois artistas procuraram colocar em prática suas inquietações e buscaram uma forma de transmitir suas mensagens.

Identifique os problemas apresentados por eles e como conseguiram fazer com que as suas mensagens fossem ouvidas.

Como saber se a atividade está correta?

Bhega é morador da favela da Maré, próxima ao piscinão e à praia de Ramos. No ano 2000, houve um grande abraço ao piscinão e ele compôs uma música para este ato. A partir deste momento, ele percebeu poderia trazer luz aos problemas ambientais através da música.

Além disso, ele passou a recolher o óleo usado da comunidade, que é vendido para usinas. Com o dinheiro arrecadado, ele criou o “Cinema no Beco”.

Hoje, ele faz essas exibições não apenas na Maré, mas em diversas outras comunidades.

Já Maxwell Alexandre é artista plástico e tinha o hábito de recolher materiais que poderiam ser utilizados em suas obras.

Inicialmente, ele se dedicava à arte abstrata.

Contudo, começou a desenvolver autorretratos nos restos de papel pardo.

Com o tempo, isso ganhou uma conotação política, já que, segundo o artista, a expressão “pardo” no Brasil foi utilizada muitas vezes para esquecer a negritude.

Se quiser saber mais, é só apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima!