Habilidades BNCC

  • EF09CI12
    Justificar a importância das unidades de conservação para a preservação da biodiversidade e do patrimônio nacional, considerando os diferentes tipos de unidades (parques, reservas e florestas nacionais), as populações humanas e as atividades a eles relacionados.
Roteiro do Vídeo

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

O tema da aula de hoje são os seres vivos.

Vamos assistir um vídeo sobre uma unidade de conservação, o Parque Nacional do Pau Brasil.

Ele fica em Porto Seguro, no sul do estado da Bahia.

Foi criado em 1999 e protege uma zona de Floresta Atlântica.

Preste atenção aos seres vivos que lá habitam.

Vídeo 1: Parques do Brasil – Unidades de conservação no sul da Bahia

Parceiro realizador: TV Brasil

Duração: 29’30”

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Seres vivos são definidos como organismos que possuem algumas capacidades como: Reprodução, crescimento, metabolismo e resposta a estímulos.

São formados predominantemente por elementos, como carbono, nitrogênio, hidrogênio e oxigênio.

Os seres vivos podem ser classificados em animais, fungos, plantas, algas, protozoários e bactérias.

Você é capaz de listar os seres que foram descritos no vídeo?

Em quais dos grupos acima eles podem ser organizados?

Que outros seres vivos certamente habitam a unidade de conservação e não foram citados?

Por fim, qual a importâncias das unidades de conservação na sua opinião?

Como saber se a atividade está correta?

No documentário, são citadas algumas plantas, como as bromélias e o Pau-Brasil, e diversos animais como primatas, onça, gato-mourisco, veado-mateiro, e diversas aves.

São elas: Andorinha, saí azul, harpia, tangará, ariramba, garrinchão, beija-flor, surucuá, entre outras.

Além disso, o vídeo também fala sobre os insetos.

Os fungos, algas, protozoários e bactérias não foram citados, mas com certeza habitam a reserva, pois são necessários para a manutenção do ecossistema.

Se algum deles não estivesse presente, a vida não poderia se reciclar.

Sobre a importância das unidades de conservação, você poderia falar sobre a proteção de diversos grupos de plantas e animais.

Contudo, uma análise mais detalhada permite dizer que as unidades também protegem os recursos genéticos, regulam a quantidade de água, a fertilidade dos solos, mantêm o equilíbrio climático e promovem atividades de lazer e educação.

Para saber mais, basta apontar a câmera do seu celular para o QR code que aparece na tela.

Até a próxima!