Voltar

Habilidades BNCC

  • EF69LP47
    Analisar, em textos narrativos ficcionais, as diferentes formas de composição próprias de cada gênero, os recursos coesivos que constroem a passagem do tempo e articulam suas partes, a escolha lexical típica de cada gênero para a caracterização dos cenários e dos personagens e os efeitos de sentido decorrentes dos tempos verbais, dos tipos de discurso, dos verbos de enunciação e das variedades linguísticas (no discurso direto, se houver) empregados, identificando o enredo e o foco narrativo e percebendo como se estrutura a narrativa nos diferentes gêneros e os efeitos de sentido decorrentes do foco narrativo típico de cada gênero, da caracterização dos espaços físico e psicológico e dos tempos cronológico e psicológico, das diferentes vozes no texto (do narrador, de personagens em discurso direto e indireto), do uso de pontuação expressiva, palavras e expressões conotativas e processos figurativos e do uso de recursos linguístico-gramaticais próprios a cada gênero narrativo.
Roteiro do Vídeo

Você com certeza conhece nomes como Mafalda, Garfield, Homem Aranha, Asterix, Turma da Mônica …

Todos esses exemplos têm algo em comum: eles fazem parte do universo das histórias em quadrinhos ou HQs.

Tirinhas e HQs são gêneros narrativos.

Isto é, textos que contam histórias misturando características da linguagem verbal e não verbal.

Ou seja, misturam palavras e imagens. São narrativas gráficas.

Você sabe como os quadrinhos são desenhados?

O que mais pode diferenciar esse tipo de história de um texto comum?

Será que existe uma idade certa para ler HQs?

Vamos descobrir um pouco mais sobre esse universo!

Vídeo 1: Mídia em Foco | Quadrinhos

Parceiro realizador:  TV Brasil

Duração: 25’59”

https://tvbrasil.ebc.com.br/midia-em-foco/2018/04/quadrinhos

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

As histórias em quadrinhos foram apresentadas como uma forma única de se contar acontecimentos reais ou imaginados.

Além disso, as HQs se inspiram em outras formas de arte, e vice-versa.

Por exemplo, seus “storyboards”, ou planos de história, e “sketches”, ou rascunhos, se relacionam com o cinema e os games.

Já sua escrita narrativa se relaciona com a literatura.

E você? Lê histórias em quadrinhos?

Qual tema gostaria de ver em uma delas?

Que história literária você gostaria de encontrar em quadrinhos?

Que tal criar sua própria tirinha ou HQ baseada nesse tema ou nessa história?

Você pode criar um plano de história, rascunhar os desenhos, escrever falas e ilustrar tudo em um papel para mostrar aos seus amigos!

Vamos rabiscar?

Como saber se a atividade está correta?

Sobre a estrutura do gênero você precisa saber que:

A HQ é contada em quadros por meio de imagens, com ou sem texto.

Há enredo.

A narrativa se constrói a partir da sequência de imagens, da manutenção das personagens e dos diálogos inseridos dentro de balões.

Elas são escritas sempre dentro de retângulos, delimitados por uma moldura.

Cada imagem contida no interior da moldura representa uma cena.

O discurso do narrador aparece nas legendas ou letreiros, que descrevem ou informam algo.

Sabendo disso tudo, volte para a sua produção e observe se todos esses elementos estão lá!

Para saber mais, basta apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima!