Habilidades BNCC

  • CG6
    Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.

Para saber mais

Sugestão de leitura:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ra%C3%ADzes_do_Brasil – Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda

Roteiro do Vídeo

Objetivo de aprendizagem

Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade

O Brasil é um país que pode facilmente ser descrito como diverso e plural.

São tantos os seus contrastes que as oportunidades de criação de manifestações culturais e religiosas se multiplicam na mesma velocidade.

Você vai perceber nessa próxima sequência de vídeos, quantas formas de aprendizado essa diversidade brasileira nos oferece.

Nossa viagem começa no norte do país, conhecendo o projeto Castanhadoras.

Com muita criatividade, o coletivo Semear Castanha desenvolveu um aplicativo para ajudar a manter a floresta em pé e a facilitar o trabalho de extração e comercialização da castanha.

No segundo vídeo, você vai conhecer mais sobre a vida e obra de um grande escritor brasileiro: João Cabral de Melo Neto.

Ele foi autor de livros fundamentais para se entender a cultura brasileira, como “Morte e Vida Severina”.

Vídeo 1: Conexão (Castanhadora)
Parceiro realizador: Canal Futura
Duração: 08’46”
http://www.futuraplay.org/video/o-que-e-uma-castanhadora/514427/

 

Vídeo 2: Conexão (João Cabral de Melo Neto)
Parceiro realizador: Canal Futura
Duração: 26’
http://www.futuraplay.org/video/cem-anos-de-joao-cabral-de-melo-neto/515111/

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

Os vídeos nos trouxeram conhecimentos que foram criados ou preservados a partir da cultura popular.

A atividade de hoje tem a ver com o manejo da escrita.

Queremos que você exercite aí em casa a habilidade da descrição, algo tão bem realizado pelo nosso escritor em destaque.

Descrever é enumerar todas as características de um determinado objeto, pessoa, situação ou lugar.

Escolha um objeto que lhe seja familiar. Por exemplo, um aparelho celular.

Agora coloque em um papel todas as características visíveis desse aparelho.

Essa é uma descrição objetiva.

A segunda etapa da atividade é descrever esse mesmo objeto, só que agora de forma subjetiva.

Você deve revelar suas impressões pessoais e suas ideias em torno do item observado.

Depois, compare os dois “descritivos” que você produziu e perceba a diferença entre eles.

Como saber se a atividade está correta?

Essa atividade tem muitas respostas possíveis. Tudo vai depender do objeto que você escolheu.

É importante destacar que na descrição objetiva, você deve usar características como:

Tamanho do objeto, textura, forma, peso estimado, cor, detalhes e etc.

Já na descrição subjetiva, vale uso de metáforas, o uso de palavras fora do universo imediato do objeto e a escolha de um ponto de vista subjetivo.

Para saber mais sobre o tema, aponte a câmera no seu celular para o QR code que aparece na tela.

Até a próxima!