Roteiro do Vídeo

A palavra é grande e o significado é maior ainda.

Repete comigo: bi-o-di-ver-si-da-de.

Ela tem relação direta com a quantidade e a variedade de seres vivos de todas as origens:

terrestre, marinha, e também dos complexos ecológicos dos quais esses seres fazem parte.

Pra entender a biodiversidade o primeiro passo é perceber que tudo está interligado.

Todas as ações e escolhas humanas geram consequências no meio ambiente.

Uma ação aqui no nosso cantinho do planeta, pode interferir em algo que esteja acontecendo lá longe.

Um exemplo: o fluxo excessivo de automóveis pelas vias urbanas, fazendo uso de combustíveis fósseis, dispara no ar muito gás carbônico e outros poluentes.

Eles não são nada bons para nossa saúde, muito menos para o clima do planeta.

Afinal, você já deve ter ouvido falar nas mudanças climáticas que estão em curso e geram impacto imediato em nossas vidas.

Pensando nisso, escolhemos essa sequência de vídeos sobre meio ambiente e sustentabilidade.

Começamos falando do que vem sendo feito no sentido de encontrar combustíveis alternativos, como o Bioetanol.

Depois você vai descobrir mais sobre o território amazônico.

Para finalizar, vamos conhecer o Manoel.

Ele  é bancário aposentado e acabou encontrando a tranquilidade desejada cultivando mudas ornamentais para jardins e condomínios residenciais.

Vamos lá?

Vídeo 1: CIÊNCIA PARA TODOS (Mudanças climáticas)

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 13’52”

http://www.futuraplay.org/video/mudancas-climaticas/500963/

 

Vídeo 2: CIÊNCIA PARA TODOS (Bioetanol e sustentabilidade)

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 13’

http://www.futuraplay.org/video/bioetanol-e-sustentabilidade/511701/

 

Vídeo 3: CONEXÃO (Qual o tamanho da Amazônia?)

Parceiro realizador: Canal Futura

Duração: 9’21″

http://www.futuraplay.org/video/qual-e-o-tamanho-da-amazonia/515125/

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

No início da aula falamos sobre como nossas ações, por menores que sejam, estão relacionadas com o meio ambiente e com a vida no planeta?

Veja a relação de fatos: por conta da quarentena e do isolamento social causado pela pandemia do coronavírus, muitas cidades começaram a observar uma melhora nos índices de poluição do ar, menos dejetos nos rios e oceanos, menos poluição sonora…

A atividade que propomos é a seguinte:

Tente encontrar, através de leitura de jornais e busca na internet, informações sobre a melhora ambiental na sua cidade ou no seu estado, por conta da baixa circulação de pessoas pelas vias públicas e locais de grande concentração humana, como feiras, escolas, transportes públicos, parques e praias.

Será que o número de acidentes de trânsito diminuiu?

E o lixo nas ruas?

E a quantidade de poluentes no ar?

Perto da sua casa, algum animal antes assustado com a movimentação humana, voltou à cena?

Registre essas mudanças e tente compará-las com o período pré-pandemia.

Que conclusões você tira disso tudo?

O que acha que podemos aprender com esse período de isolamento para o futuro?

Como saber se a atividade está correta?

A baixa atividade humana dos últimos meses gerou uma série de consequências e impactos.

Em relação ao meio ambiente, muitas das mudanças foram positivas.

Em várias partes do mundo percebeu-se, por exemplo, uma diminuição considerável da poluição do ar, redução de emissões industriais, menor incidência de chuva ácida, queda nos níveis de carbono e menor índice de consumo de bens e serviços.

Para que seu registro fique bem organizado, divida-o em duas colunas.

Em uma delas, coloque tópicos sucintos que mostrem melhorias ambientais em sua região desde o início da quarentena.

Na outra coluna, tente encontrar informações em sites de órgãos ambientais oficiais, obtidos antes da quarentena, observando se houve melhora significativa em algum quesito.

Para saber mais, basta apontar a câmera do celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima!