Habilidades BNCC

  • EM13LP50
Roteiro do Vídeo

Você já ouviu a expressão “isso é uma paixão nacional”?

O que é um exemplo de “paixão nacional” para você?

Você lembra de algo assim aqui no Brasil?

Presta a atenção na história que eu vou narrar!! 

Apresentador fala direto para a câmera ou texto entra em off enquanto passa na tela 

Prrrrii!

— Aí, Heitor!

A bola foi parar na extrema esquerda. Melle desembestou com ela.

A arquibancada pôs-se em pé. Conteve a respiração. Suspirou:

— Aaaah!

Miquelina cravava as unhas no braço gordo da Iolanda. Em torno do trapézio verde a ânsia de vinte mil pessoas. De olhos ávidos. De nervos elétricos. De preto. De branco. De azul. De vermelho.

Delírio futebolístico no Parque Antártica.

Camisas verdes e calções negros corriam, pulavam, chocavam-se, embaralhavam-se, caíam, contorcionavam-se, esfalfavam-se, brigavam. Por causa da bola de couro amarelo que não parava, que não parava um minuto, um segundo. Não parava.

— Neco! Neco!

Parecia um louco. Driblou. Escorregou. Driblou. Correu. Parou. Chutou.

— Gooool! Gooool!

[Referência do poema para edição: MACHADO, Alcântara. Brás, Bexiga e Barra Funda. Domínio Público]

Apresentador: Essa é uma parte do conto chamado “Corinthians (2) vs. Palmeiras (1)”, de Alcântara Machado.

Na história, o autor retrata o sentimento coletivo das torcidas de dois grandes times da cidade de São Paulo.

O conto registra algo marcante quando se fala de futebol: ele vai além dos campos. Está na literatura, nas artes, na cultura…

Vamos ver mais exemplos?

Vídeo 1: Acervo Musical – A relação do futebol com a música

Parceiro realizador: TV Brasil

Duração: 26’30”

https://tvbrasil.ebc.com.br/acervo-musical/2020/03/futebol

 

Vídeo 2: Trilha de Letras – Copa do Mundo com Sérgio Rodrigues (até 8’57”)

Parceiro realizador: TV Brasil

Duração: 8’57″

https://tvbrasil.ebc.com.br/trilha-de-letras/2018/06/copa-do-mundo-com-sergio-rodrigues?fbclid=IwAR3ljZKNhkKiwLsxgOB6OwnljnRzUPGoKy0Whnk8W5PQV9CbdqQGG8vwXpA

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

O conto de Alcântara Machado mostra uma possibilidade de relação entre o som e a escrita, por ser construído como uma narração de futebol no rádio.

Para isso, as frases são curtas, rápidas e, por vezes, truncadas e com onomatopeias.

Vimos também que o futebol é tema de variadas letras de música.

Se você for pesquisar, ainda vai achar o tema futebol em pinturas, esculturas, fotografias.

E você, o que acha desse esporte?

Você considera o futebol uma “paixão nacional”?

Por que você acha que tantas pessoas são apaixonadas por futebol, no Brasil e no mundo?

O que há de especial nesse esporte?

De que forma ele representa a cultura brasileira?

Considerando as perguntas, convidamos você a se manifestar sobre as paixões nacionais dos brasileiros, considerando que o Brasil é grande e pode ter paixões que são mais regionais que nacionais.

Se você acha que a cultura do futebol é um exemplo dessa paixão e você mesmo é apaixonado por futebol, faça uma produção para enaltecer o tema usando diferentes linguagens.

Pode ser a composição de uma música, com letra e melodia; a escrita de um conto, com ilustrações; ou mesmo a gravação de uma narração de futebol no podcast.

Nesse caso, você pode até narrar o próprio conto de Alcântara Machado.

Mas, se quiser falar de uma outra paixão nacional ou mesmo regional, pode usar os mesmos recursos. Expresse sua paixão ou a das pessoas que você conhece por esse tema e crie textos que mostrem o quanto essa manifestação é importante para você e muitas outras pessoas.

Depois, chame as pessoas de sua casa e apresente sua produção!

Como saber se a atividade está correta?

Esta é uma atividade para você refletir sobre temas que são representativos da cultura de um povo.

Não se trata de produzir respostas certas, mas de usar essas questões para pensar sobre dois aspectos importantes: o fato de que o futebol é realmente uma paixão para muita gente, mas que também não representa nada para muitas outras pessoas. E tudo bem!

Basta que possamos reconhecer que, de fato, o futebol é tão importante para alguns brasileiros que acaba saindo do campo e entrando na literatura, na música, no cinema…

E, assim como ele, outros temas também podem ser paixões nacionais e ser reverenciados por poetas, artistas, compositores, cineastas.

Para saber mais, basta apontar a câmera do seu celular para o QR code que está na tela.

Até a próxima!