Habilidades BNCC

  • EF09LP03
    Produzir artigos de opinião, tendo em vista o contexto de produção dado, assumindo posição diante de tema polêmico, argumentando de acordo com a estrutura própria desse tipo de texto e utilizando diferentes tipos de argumentos – de autoridade, comprovação, exemplificação princípio etc.
  • EF69LP22
    Produzir, revisar e editar textos reivindicatórios ou propositivos sobre problemas que afetam a vida escolar ou da comunidade, justificando pontos de vista, reivindicações e detalhando propostas (justificativa, objetivos, ações previstas etc.), levando em conta seu contexto de produção e as características dos gêneros em questão.
Roteiro do Vídeo

Hoje a nossa conversa é sobre argumentação.

Ou, mais especificamente, sobre como podemos usar a argumentação para defender pontos de vistas, teses, ideias e opiniões.

Você costuma defender seus pontos de vistas?

Como você faz isso?

Aliás, vamos começar do começo: você sabe o que são argumentos?

Usa argumentos no seu dia a dia para debater ideias e defender seus posicionamentos?

Enquanto pensa, vamos assistir alguns vídeos.

O primeiro mostra como saber argumentar é importante para a conquista de espaços, de oportunidades e também para obter a atenção das pessoas.

O segundo vídeo é sobre textos argumentativos.

Anote o que a apresentadora fala sobre esses textos e alguns tipos de argumentos que podem ser usados para a defesa de um ponto de vista.

Você vai precisar dessas informações para fazer a atividade desta aula!

Vídeo 1: Morde a Língua | Ideias demais: argumentação (1’10” a 16’14”)

Parceiro realizador: MultiRio

Duração: 15’04”

 

Vídeo 2: Como decidir qual tipo de argumento mobilizar no seu texto argumentativo?

Parceiro realizador: Saca Só

Duração: 2’08”

https://www.sacaso.com.br/v/como-decidir-qual-tipo-de-argumento-mobilizar-no-seu-texto-argumentativo/

Quanta coisa você está aprendendo hoje, hein?

E o mais legal de aprender a argumentar é que você aprende não apenas a defender o seu ponto de vista pessoal, mas a defender e reivindicar direitos que são de todas as pessoas.

E quando fazemos isso, estamos atuando como cidadãos.

Ou, melhor dizendo, estamos exercendo nossa cidadania.

Hum…cidadania?

Você sabe explicar o que é cidadania?

Anote no seu caderno o que sabe sobre isso.

Ah, só mais uma pergunta: você sabe dizer qual a relação entre cidadania e a capacidade de argumentar?

Não?!?

Então assista mais um vídeo, prestando atenção na conversa entre as personagens.

Vídeo 3: Ensino Fundamental – Língua Portuguesa – Aula 39 – Fala, cidadão! (6’23” a 14’27”)

Parceiro realizador: Fundação Roberto Marinho

Duração: 8’07”

Atividade sugerida para aprender sobre o tema

E então, deu para entender o que é cidadania e o que é ser cidadão?

A atividade de hoje é a seguinte:

Escreva um texto argumentativo, que pode ser uma redação dissertativa-argumentativa ou um artigo de opinião, para falar sobre o que você considera uma prática de cidadania.

Para isso, vale a pena pensar, por exemplo, em algum problema social importante para a comunidade onde você vive ou para a sua comunidade escolar.

Considere também o que você e outras pessoas dessa comunidade podem fazer para mudar a situação e resolver o problema.

Seu texto precisa não apenas mostrar como os direitos e deveres dos cidadãos são importantes, mas também como exercê-los pode ajudar na solução desse problema.

Lembre-se: Todo texto argumentativo apresenta o problema e a ideia ou tese a ser defendida, mostrando o posicionamento do autor do texto sobre uma questão.

Mas, para mostrar o seu ponto de vista sobre o problema e propor mudanças, é preciso ter clareza sobre os argumentos usados para justificar esse ponto de vista.

Por isso, é sempre bom, antes de escrever, pesquisar e ler sobre o tema, selecionar dados e conversar com outras pessoas que entendam do assunto.

Depois de tudo isso, ainda é preciso planejar as partes do texto, escrevê-lo e, claro, revisá-lo!!

Preparado para o desafio dessa escrita?

Como saber se a atividade está correta?

De acordo com a definição dada pelo Deíco, argumentar é: apresentar um conjunto de razões ou provas que fundamentam uma conclusão.

Os argumentos são justamente essas razões que justificam o que você pensa, a tese que você defende.

A estratégia argumentativa tem a ver com os tipos de argumentos que você escolhe para colocar no seu texto.

No primeiro vídeo, Deíco fala dos argumentos baseados em citações, argumentos de autoridade e dados estatísticos.

Já no segundo vídeo, a apresentadora retoma a ideia dos argumentos baseados em fontes oficiais e sérias.

Indica também os argumentos de comprovação, baseados em dados de estudos, e os de exemplificação, baseados em fatos reais ou hipotéticos.

Ah, não podemos esquecer que ela trata também dos interlocutores do texto.

Ou seja, os leitores para quem você está escrevendo.

A escolha dos argumentos tem muito a ver com o leitor.

O que pode convencê-lo do seu ponto de vista?

Sobre a estrutura do texto proposto na atividade, você precisa:

Colocar um título, que pode sintetizar a problemática a ser trabalhada no texto.

Apresentar o problema social a ser discutido, a tese e o porquê da sua importância.

Desenvolver as problemáticas e os motivos pelos quais você defende essa tese. O foco aqui é na argumentação.

Por fim, você pode oferecer propostas alternativas ou possíveis soluções para os problemas apresentados.

Para saber mais, é só apontar a câmera do celular para o QR code que aparece na tela.

Até a próxima!